Professores participam de Simpósio de Matemática da Rede Pública Estadual

Nos dias 18 e 19 de junho, o auditório do Centro de Formação Ib Gatto Falcão (Cenfor), no Centro de Pesquisas Aplicadas (Cepa), será palco de mais uma edição do Simpósio de Educação Matemática da Rede Pública Estadual (SIMPEEM-AL). O encontro vai reunir professores de matemática de toda a rede para uma reflexão sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento norteador dos currículos dos sistemas e redes de ensino bem como das propostas pedagógicas das escolas de todo o país.

O evento é uma ação da Superintendência de Política Educacional (Suped) da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Segundo o superintendente de Políticas Educacionais, Ricardo Lisboa, o Simpósio representa uma oportunidade de formação continuada para os docentes, onde os mesmos poderão divulgar os projetos que vêm elaborando em sala de aula para tornar a matéria mais atrativa e dinâmica. Além disso, serve como processo socializador, de forma a integrar ainda mais o professor com a rede de ensino.

“O Simpósio conta com mesas redondas, palestras e oficinas onde os participantes poderão dialogar sobre diferentes formas de trabalhar a disciplina, de maneira que haja uma desmistificação da matemática, que é tão temida pela maioria dos alunos. Será discutida também a implantação da BNCC, junto a alguns dos redatores da base”, adianta.

O professor José Marcos da Silva, organizador da ação, diz que a participação dos educadores ampliará o olhar sobre a forma de ensinar matemática. “A finalidade do evento é fazer com que os docentes repensem as práticas pedagógicas, que possam tirar do dia a dia opções que podem ser trabalhadas para contribuir no ensino”, conclui.

Programação

Na segunda-feira (18), o evento inicia às 8h com o credenciamento dos inscritos. A solenidade de abertura acontece às 9h, sendo seguida pela mesa redonda “Com a BNCC: o que muda no ensino da matemática?”, que conta com a presença dos três redatores da BNCC no estado.

A retomada do evento ocorre às 14h com uma apresentação cultural promovida pelo Centro de Arte e Mediações Culturais (Camec), em parceria com professores da Escola Estadual Moreira e Silva. Às 14h30 acontece a segunda mesa redonda do dia, com o tema “Ensino e aprendizagem em matemática na perspectiva em stem/steam”. Às 16h, os professores Geraldo Ferreira e José Marcos apresentaram suas experiências e projetos relativos à Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

O primeiro dia do simpósio reserva ainda uma atividade extra: às 19h, os inscritos podem participar da sessão de planetário na Escola Estadual José Correia da Silva Titara e observação na praça central do Cepa.

Para o segundo dia, a Suped preparou cinco oficinas, que acontecem às 8h e estarão distribuídas entre as salas do Cenfor e da Escola Estadual Moreira e Silva – a escolha da oficina é feita pelo participante na hora da inscrição. Assim como no primeiro dia, o almoço acontece às 12h e as atividades retornam às 14h, com uma palestra sobre as Competências Socioemocionais em Matemática, ministrada pela Professora doutoranda Cristiane Souza. A apresentação do Projeto Integrador de Astronomia como plano interdisciplinar ocorre às 15h30, sendo acompanhado da mostra do ambiente virtual de formação continuada dos professores de matemática, às 16h.

Ascom – 15/06/2018