Lula diz que não vai se entregar à PF, segundo jornal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (6) que não vai para Curitiba se entregar à Polícia Federal (PF), informou o petista a Ricardo Kotscho, seu ex-assessor, em entrevista publicada no jornal Folha de S.Paulo .

De acordo coma publicação, Lula conversou rapidamente por telefone com o jornalista, por volta das 8h30 da manhã, e informou que estava “tranquilo e bem disposto”, inclusive já havia praticado exercícios matinais. O ex-presidente está na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, acompanhado de lideranças do Partido dos Trabalhadores, amigos e seus filhos, informa o Terra.

Segundo ordem decretada pelo juiz Sérgio Moro, Lula tem até às 17h (horário local) para se entregar à PF. Ele foi condenado a 12 anos e um mês de prisão acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Ontem (5), a defesa do ex-presidente entrou com um novo pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça na tentativa de impedir a prisão de Lula.

06/04/2018